Guia de colocação de produtos em mercearias e supermercados

Como você projeta e organiza a colocação de produtos em sua mercearia ou supermercado? Aqui estão seis fatores para maximizar seus lucros na mercearia.

Para supermercados e lojas de varejo de mercearia, a competição é acirrada. Para se destacar da multidão, você precisa garantir que tenha as estratégias mais sábias mapeadas. O segredo para prosperar neste mercado competitivo é compreender a dinâmica da colocação dos produtos. Quer se trate de frutas, vegetais ou outros produtos embalados, você deve compreender a arte de merchandising. Muita coisa acontece na colocação de produtos em supermercados, desde encontrar o local correto até alocar a quantidade certa de espaço.

Hoje, ajudaremos você a navegar no mundo da colocação de produtos de supermercado e os vários fatores que entram em jogo. Vamos entrar nisso!

O que é colocação de produto na loja?

Antes de nos aprofundarmos nos detalhes, vamos primeiro obter uma compreensão firme do básico. A colocação de produtos na loja se refere à habilidade de organizar e exibir produtos de acordo com um plano bem elaborado. Por exemplo, é do conhecimento geral que grande parte da população, ao entrar em um supermercado, tende a optar por coisas disponíveis na altura dos olhos. Um planograma ajuda os gerentes a considerarem o projeto, o planejamento e o armazenamento dos produtos.

Um planograma bem projetado pode fazer ou quebrar seu negócio. A eficiência nessa área pode levar a um aumento nas vendas com maior reconhecimento da marca. Além disso, o mundo do varejo de alimentos também pode aumentar sua base de clientes por meio desse elemento.

O que é um planograma?

Você deve ter notado que mencionamos a necessidade de um planograma bem desenhado. Mas o que é isso? Várias estratégias apoiam o estudo científico da colocação de produtos em supermercados. É um modelo visual que ajuda os gestores a navegar pela melhor forma de colocar seus produtos. O melhor método é, obviamente, aquele que vai impulsionar suas vendas.

Planograma: diagrama ou modelo que indica a colocação dos produtos de varejo nas prateleiras para maximizar as vendas.

Fatores a serem considerados

Ajudaria se você considerasse vários fatores ao criar a iluminação, os dados demográficos da base de clientes, a quantidade de metros quadrados atribuídos, os itens mais vendidos, etc. Além disso, a largura, o uso de espelhos e o espaço dos pés também são fatores cruciais.

Se um lojista deseja maximizar o espaço e tirar o máximo proveito de seu negócio de varejo de alimentos, alguns elementos essenciais devem ser mantidos em mente ao criar o planograma. Isso inclui o tamanho da loja, os itens vendidos em cada categoria, o tráfego de pedestres, os produtos de alta demanda e o espaço disponível nas prateleiras.

Dicas para posicionamento inteligente de produtos em supermercados

Supermercados e mercearias podem facilmente lidar com essa arte intrincada se os gerentes e organizadores prestarem atenção às dicas e truques a seguir no varejo de alimentos.

1. Colocação de Essentials

O truque mais fácil para o varejo de alimentos é fazer seus clientes trabalharem pelo que desejam. Alguns produtos são conhecidos como alimentos básicos. Isso inclui pão, manteiga, leite, ovos e muito mais. Todas essas são necessidades que a maioria dos clientes deseja obter a qualquer custo, não importa o quão longe eles tenham que vagar na loja.

Como gerente, você deve aproveitar ao máximo esse fator e colocar o essencial bem no fundo da loja. Dessa forma, seu cliente terá que passar por todos os itens de luxo para chegar ao básico. Esses corredores cheios de tentação os levarão a comprar coisas que não sejam o essencial. É um truque comprovado de colocação de produto de supermercado para gerar mais vendas.

2. Vantagem no nível dos olhos

Merchandising é exibir os produtos certos para o público-alvo certo. Para isso, você precisa colocar-se no lugar das pessoas e colocar os objetos na altura dos olhos. No mundo do varejo, nós o chamamos de “nível de visão é o nível de compra”. O nível dos olhos do ladrão será diferente para diferentes públicos.

As prateleiras na parte inferior são apropriadas para crianças, enquanto as mulheres geralmente olham primeiro para as prateleiras bem no meio. Os homens, no entanto, prestarão mais atenção às prateleiras acima do nível de olhar das mulheres. Aumente a visibilidade colocando-os nos níveis adequados. A segunda e a terceira prateleiras a partir do topo serão sua zona de alvo.

O que colocar na Bulls Eye Zone? Seus itens mais vendidos e produtos de alta margem, com certeza!

3. Vendas e marketing

Em terceiro lugar, nunca se pode esquecer o efeito que vendas e marketing eficientes podem ter no aumento das vendas. Colocar o produto apenas no nível de visão não o cortará. Você também precisa ter certeza de colocar o produto em suas mentes, o que é possível por meio de marketing inteligente. Quer seja impresso, online ou digital, uma estratégia de marketing inteligente pode criar uma necessidade para o seu produto, o que acabaria aumentando as vendas. Você pode obter resultados máximos em sua loja de varejo de alimentos com o marketing certo.

4. Compra por impulso

O sonho de um gerente de mercearia é ter toneladas de compradores por impulso sob seu teto. É comum os designers alocarem o espaço próximo ao ladrilho para batatas fritas, revistas, chocolates ou até mesmo chicletes. Esses são itens não essenciais. No entanto, eles são altamente desejados e acessíveis. Portanto, há grandes chances de que seu cliente os adicione impulsivamente ao carrinho enquanto espera no caixa ou paga por seus itens.

De acordo com as estatísticas, um consumidor médio fará 3 compras não planejadas em 4 de cada 10 visitas à loja que faz. Aproveite ao máximo a área de gaveta com esta técnica de colocação de produtos em supermercados!

5. Cross-selling e up-selling

A venda cruzada é o método de colocar todos os bens complementares nas proximidades. Este é um truque útil quando os clientes fazem uma compra; Eles estarão pensando em outras coisas que vão bem com isso. Nos supermercados, chocolates e flores são colocados juntos para presentear. Baterias perto de produtos elétricos e detergentes perto de ferramentas de limpeza são exemplos de colocações de venda cruzada. Faça pacotes prontos para comprar e coloque produtos complementares juntos para venda cruzada.

O upsell é a arte de persuadir seu cliente a fazer outra compra de maior valor emparelhada com a que ele escolheu inicialmente. É um ótimo método para gerar receita e aumentar as vendas, fornecendo a eles add-ons e mostrando a eles versões premium. Defina um espaço para add-ons perto da área de checkout para lembrar seu cliente do que ele perdeu.

6. Telas de endcap

Usar tampas de extremidade é a maneira perfeita de exibir sua marca para o mundo.

O interessante sobre as tampas finais é que você pode usá-las para vários fins, desde destacar vendas até mostrar suas novidades. O merchandising cruzado também pode ser feito por meio desses acampamentos. Além disso, você pode subir um nível usando a sinalização digital. Eles podem funcionar como um limite final e mostrar suas vendas, itens mais vendidos e até mesmo novidades com facilidade.

Com uma alta quantidade de virilidade, você pode ter a garantia de que os clientes mais abaixo no corredor ou aqueles próximos ao caixa, todos terão uma visão clara de seus itens favoritos.

Posicionamento de produtos em supermercados: conclusão

 É fundamental perceber que estantes não é colocar os seus mais vendidos juntos e esperar pelo melhor. Envolve planejamento estratégico e design, mantendo a psicologia da compra em mente. A forma como você exibe suas ofertas será diretamente proporcional ao sucesso de sua loja. Aplique essas dicas de colocação de produtos de supermercado em suas lojas para maximizar as vendas.

Guia de colocação de produtos em mercearias e supermercados

Deixe um comentário

Rolar para o topo